Celebrante apresenta opções clássicas repaginadas em que os casais podem investir neste ano

Todos os anos as propostas de cerimônias bonitas, inovadoras e amplas enchem os olhos de noivos que preparam as tão sonhadas bodas. Seja na hora da decoração, na escolha da celebração ou até mesmo na definição do local, todo mundo quer ter um casamento inesquecível e atual e, para isso, recorre à muitas pesquisas e inspirações.

Segundo o Mestre de Cerimônias e Celebrante de Casamentos Rafael Faria, a busca por novos elementos na hora do “sim” vem crescendo muito nos últimos tempos, e isso mostra que os noivos estão mais dispostos a fugir um pouco do convencional. “Casamentos clássicos são sempre bonitos, mas essa nova geração gosta de novidades, de ter tudo personalizado e inovador e, claro, que isso não iria fugir das escolhas dos noivos na hora do casamento”.

Conhecido por apresentar cerimônias alternativas e diferenciadas, Rafael percebe nos próprios clientes essa vontade de deixar o dia mais esperado da vida de algumas pessoas mais único.

Entre os tipos de celebrações, destaca-se a Cerimônia das Areias, que consiste em depositar areia de diferentes cores em um único vaso, onde cada cor simboliza algo positivo para a nova vida a dois e conta com a participação de pais e padrinhos. Nesta cerimônia, cada cor representa um desejo, por exemplo: rosa: beleza, saúde, romantismo e sensualidade; branco: paz, pureza e vermelho: amor e desejo.

Outra cerimônia feita pelo profissional é a Cerimônia da Árvore, onde os noivos plantam uma muda de árvore em um vaso como marco da união, prometendo cuidar dela como cuidarão um do outro. 

De acordo com Rafael, além da inovação na hora do sim, também é possível repaginar opções clássicas e deixar o casamento mais bonito. Para este novo ano, há três principais tendências chamando atenção dos organizadores de cerimônias: o papel dos padrinhos, dos pais e os votos. A nova roupagem desses tópicos ajuda a criar uma festa moderna e divertida para os noivos e convidados.

Confira:

 

1) Papel dos Padrinhos

Você sabe qual é o real papel dos padrinhos num casamento? Segundo Rafael Faria, eles não estão nas cerimônias apenas por terem sido escolhidos para dar os melhores presentes aos noivos. Os padrinhos de casamento são aqueles que estão presentes na vida familiar com cuidado, gratidão e amor. Que trocam experiências da vida, aprendizados, exemplos e que sempre dividem momentos, sejam eles tristes ou alegres. Apoio e amizade, sempre e em primeiro lugar.

Na hora da cerimônia não importa a quantidade de padrinhos, o que importa realmente são os valores. “Durante o casamento, eu evidencio essas atribuições e, de forma divertida, convido os padrinhos a responderem se aceitam, ou não, a missão a eles confiada. Isso faz com que todos sintam a real importância daquele momento”, comenta.

Para deixar a cerimônia bonita, Rafael sugere o clássico estilo americano de ordem de padrinhos e madrinhas no altar. “Neste caso, homens ficam do lado do noivo e as mulheres ficam do lado da noiva, não precisam ser casais, e pode até ter uma diferença no número de pessoas escaladas. Para ficar mais elegante, sugiro até que as mulheres portem um pequeno buquê e os padrinhos com a mesma cor de gravata”.

 

2) Benção dos Pais

Que tal uma benção final antes da troca das alianças? O profissional conta que, nas cerimônias, sugere que os noivos se voltem para os pais e peçam uma benção a eles.

“Essa é uma forma de também agradecer por todo ensinamento, carinho e dedicação ao longo dos anos, mostrando que estão prontos para formar a própria família, apresentando o escolhido, mas sempre levando os valores passados pelos pais ao longo da vida”.

 

3) Votos

Outra referência “importada” dos casamentos norte-americanos são os votos. Essa declaração de amor consegue deixar o dia mais especial e transformar o momento da leitura em uma ocasião de pura emoção.

“Em segredo, noivo e noiva escrevem seus votos, brincam com as palavras, apresentando particularidades do relacionamento e evidenciam valores e expectativas para o futuro. Durante a cerimônia os votos são lidos por cada um, diante de todos os convidados. E uma bela música ajuda a criar o clima perfeito”, conta Rafael.

Ele ainda explica que algumas cerimônias alternativas podem ser associadas a esse momento. “É possível guardar os votos numa caixa de madeira, dentro ainda uma garrafa de vinho, e trancá-la com cadeado. Em alguns anos fica o convite para o casal renovar os votos do casamento, ou mesmo relembrar daqueles palavras quando sentirem que o casamento passou por uma turbulência”.

O importante, segundo o celebrante que também é habilitado para realizar casamentos com efeito civil, é que cada casal diga “sim” de um jeito diferente e personalizado. “Nenhuma história de amor é igual a outra, e cabe ao celebrante ter a sensibilidade necessária para entender a realidade e necessidade de cada noivo, fazendo desse momento único e inesquecível”, conclui.

 

Leave a Reply